Randy Meisner, baixista e vocalista da banda Eagles, morre aos 77 anos

0
497

Co-fundador teve complicações pela doença pulmonar obstrutiva crônicaRandy Meisner, baixista e vocalista da Banda Eagles, em 1997Randy Meisner, baixista e vocalista da Banda Eagles, em 1997Jim Steinfeldt/Getty Images

Randy Meisner, baixista, vocalista e co-fundador da lendária banda de rock Eagles, morreu na quarta-feira (26), aos 77 anos, de acordo com um anúncio no site oficial da banda.

“Os Eagles estão tristes em informar que o membro fundador, baixista e vocalista, Randy Meisner, faleceu ontem à noite em Los Angeles aos 77 anos, devido a complicações de doença pulmonar obstrutiva crônica”, explica o comunicado, postado nesta quinta-feira (27).

“Randy foi parte integrante dos Eagles e fundamental para o sucesso inicial da banda. Seu alcance vocal era surpreendente, como fica evidente em sua balada de assinatura, ‘Take It to the Limit’”, prosseguiram os Eagles.

A carreira musical de Meisner começou com a Stone Canyon Band de Rick Nelson como vocalista e baixista. Mais tarde, ele se juntou à banda de country rock Poco como seu baixista original na década de 1960 antes de formar os Eagles em 1971 jundo de Glenn Frey, Don Henley e Bernie Leadon.

Meisner contribuiu para algumas das canções mais icônicas dos Eagles, incluindo “Try and Love Again” e “Take it to the Limit”, e é creditado por seu trabalho em álbuns como “Eagles”, “Desperado”, “On The Border ”, “One of These Nights” e “Hotel California”.

Ele foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame em 1988 com os Eagles.

(CNN)