Robert De Niro fala pela primeira vez sobre morte de neto de 19 anos

0
111

“É apenas chocante. Jamais pensei que isso poderia acontecer”, disse Robert De Niro

© Jason Koerner/Getty Images

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Robert De Niro, 80, decidiu quebrar o silêncio sobre a morte de seu neto, Leandro De Niro Rodriguez, aos 19 anos.

Leandro morreu em julho de 2023, em decorrência de uma overdose acidental de medicamentos controlados e drogas.

O ator hollywoodiano falou, pela primeira vez, sobre a perda em entrevista à revista People.

“É apenas chocante. Jamais pensei que isso poderia acontecer”, disse Robert De Niro.

Abalado com as memórias: “E aí comecei a pensar em todas as coisas que poderia, ou talvez deveria, ter feito com ele. Não sei se teria feito alguma diferença. Então é isso que está sempre batendo na minha cabeça. Não deveria ter acontecido”.

De acordo com os médicos de Nova York, a morte de Leandro se deu a uma reação tóxica de cinco medicamentos controlados misturados a cocaína.

Sofia Haley Marks, 20, foi presa em seguida, por ser responsável pela venda dos produtos ao rapaz; ela aguarda julgamento

Leandro era filho de Drena, adotada por De Niro durante o casamento dele com a atriz Diahnne Abbott, entre 1976 e 1988

(Notícia ao Minuto)