Sisu 2024: MEC admite ‘divulgação indevida de resultados provisórios’

0
396

A pasta declarou ainda que aqueles que não foram aprovados podem participar da lista de espera, manifestando interesse até o dia 7 de fevereiro

O Ministério da Educação (MEC) admitiu, nesta sexta-feira (2), que houve uma “divulgação indevida” dos  resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram no dia de 30 de janeiro. A lista de aprovados que apareceu naquele dia durante 25 minutos não estava correta.

Após o erro, a página do Sisu saiu do ar e a lista foi lançada novamente no dia 31, com diferentes resultados. Com isso,  alguns candidatos que foram aprovados na primeira divulgação, acabaram sendo “desclassificados” no anúncio oficial.Publicidade

“O que houve foi uma divulgação indevida de resultados provisórios, ainda não homologados, durante 25 minutos da manhã do dia 30 de janeiro. A ocorrência está sendo rigorosamente apurada”, disse o MEC em nota enviada ao g1.

O MEC declarou ainda que aqueles que não foram aprovados podem participar da lista de espera, manifestando interesse até o dia 7 de fevereiro.

“O sistema é seguro, e os resultados oficiais não serão modificados”, afirmou o MEC.

O processo seletivo de 2024 do Sisu recebeu 1.271.301 de inscrições, o que corresponde a 57,6% do número de candidatos aptos para essa edição do programa (2.209.175). Essa foi a maior taxa de participação dos últimos sete anos.

Estudantes e pais na Universidade Paulista no bairro do Paraiso . Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil – 05/11/20231/7Publicidade

No programa, é feita a seleção dos estudantes para as vagas ofertadas por instituições públicas de ensino superior de todo país, tendo por base a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A lista considera o limite da oferta das vagas por curso e modalidade de concorrência, de acordo com as escolhas dos candidatos inscritos e o perfil socioeconômico para Lei de Cotas.

Este ano são ofertadas 264.360 vagas, distribuídas entre as 127 instituições de educação superior participantes do programa.

(Ultimo Segundo)