Sport e Santos voltam a negociar por ida de Lucas Lima à Ilha do Retiro

0
132

Fora dos planos do Peixe, meia chegou a treinar com o elenco sub-20 para disputar competição no Catar; em janeiro, negociação avançou entre os clubes, mas jogador não quis ir para a Ilha

 — Foto: Marcos Ribolli


O meia Lucas Lima, do Santos, voltou à pauta do Sport. A negociação por empréstimo chegou a avançar bastante no início de janeiro, mas esfriou por conta da falta de interesse do jogador de 33 anos. Agora, as partes retomaram as conversas.

Um acerto pode sair em breve – a informação foi inicialmente noticiada pelo Trivela e confirmada pelo ge. Procuradas pela reportagem, as diretorias ainda não se pronunciaram oficialmente.

Ainda de acordo com a apuração do ge, caso a negociação seja fechada rapidamente, a transferência será anunciada pelos dois clubes e o jogador pode chegar no Recife até o final de semana.

Fora dos planos do técnico Fábio Carille no grupo principal do Santos e com recusas a propostas de empréstimo, Lucas Lima passou a treinar com o elenco sub-20, que se prepara para a disputa da Equality Cup (Copa da Igualdade), no Catar.

A relação entre ele e o Peixe estava conturbada há algumas semanas. O clube quer se livrar do atleta – também por conta do alto salário -, mas ele vinha fazendo jogo duro e recusado as ofertas de empréstimo recebidas.

Lucas Lima recusa propostas para sair do Santos e causa polêmica

O meia tem passagem na Ilha do Retiro em 2013, quando, com 23 anos, emprestado pelo Internacional, foi um dos destaques do time que subiu para a Série A. Foram 53 jogos, nove gols e seis assistências.

Passagem pelo Santos

Lucas Lima retornou ao Santos em fevereiro do ano passado com um contrato de produtividade. O início do meia causou um impacto imediato com quatro assistências em seis jogos no Paulistão. Depois de ter o contrato renovado, o jogador caiu de rendimento e não conseguiu mais ser protagonista.

Ao todo, em 2023, Lucas Lima disputou 50 partidas com a camisa do Peixe, tendo marcado dois gols e distribuído dez assistências. Na reta final do Brasileirão, quando o Santos brigava pela permanência na elite, o meia perdeu a condição de titular para Nonato.

Sem espaço no elenco que jogará a temporada 2024, o meia foi avisado ainda em dezembro do ano passado que não estava nos planos. De lá para cá, buscava um novo clube para dar sequência à carreira.

(GE)