| Última edição: 03/08/22 - 10:49

Home Entretenimento Taís Araujo assume cansaço da produção de “Medida Provisória”

Taís Araujo assume cansaço da produção de “Medida Provisória”

Compartilhe:

Taís Araujo foi a convidada do “Quem Pode, Pod“ desta terça-feira (02). No podcast, a atriz conversou com Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme e explicou como foi a preparação e gravações para o filme “Medida Provisória“. Durante o papo, ela assumiu que recebeu o convite do seu marido, Lázaro Ramos, para um papel e determinou uma condição para aceitar.PUBLICIDADE

Taís Araújo assume cansaço da produção de "Medida Provisória"
(Foto: YouTube/GIOH Oficial)

Na entrevista, realizada no YouTube, a atriz contou que acompanhava o desejo de Lázaro Ramos em tornar o trabalho, que antes era uma peça, em filme. “Ele sempre quis fazer uma peça disso, mas eu acompanhei muito pouco da construção do roteiro de ‘Medida Provisória’”, comentou.

Em seguida, Taís Araujo assumiu que se sentiu “cansada” do processo de roteirização e, por isso, o acompanhou mais de longe. “Eu acompanho os trabalhos do Lázaro mais de perto, de ler… mas é que o filme, assim, vinha primeiro tratamento, segundo, décimo quinto”, explicou.

“Aí eu falei: ‘ah gente, no dia que vocês decidirem o que vai ser vocês me falem’. Pô, vou ficar lendo 15 tratamentos do mesmo filme? Cansei, cansei mesmo”, complementou.

Além disso, a atriz contou que o filme recebeu uma nova personagem e, por isso, foi chamada para atuar. Ela, no entanto, definiu uma condição com o marido. “Ele falou: ‘a gente vai botar mais uma personagem, feminina, você quer fazer?’. E eu falei: ‘só se prestar, não é só porque você é o diretor que eu vou fazer qualquer coisa não. Não vem tentar me usar não’, brincou.

No entanto, ao entender a história da personagem, Taís se apaixonou e decidiu fazer. “Aí tinha problema de agenda, vai poder fazer, não vai… aí tinha a dúvida se ia estar fazendo novela, se teria liberação, e eu já fui ficando muito nervosa, porque o roteiro é incrível”, contou.

Taís Araujo conta que deu sugestões para o elenco de “Medida Provisória”

Logo depois, a atriz confirmou sua participação e começou a dar sugestões no elenco do filme. “Eu adoro dar pitaco. E é no trabalho de todo mundo. Eu cismo que sou a empresária de todo mundo, brincou Taís.

“Eu sempre achava que tinha que ter uma Adriana Esteves, uma Renata Sorrah que é maravilhosa”, contou.

Em outro momento, as apresentadoras perguntaram sobre o caminho que o filme leva em não ter embates sobre racismo. Taís, então, explicou que esse era o objetivo. A escolha é sempre provocar. Teve gente que ficou incomodada, riu e ficou com vergonha de estar rindo, que se emociona, que ri com propriedade. Então, era mesmo para provocar”, comentou.

(POOLine)