TV espanhola demite ex-goleiro após declaração racista sobre atacante do Barcelona

0
93

Foto: Reprodução de TV – Legenda: Germán Burgos fez a declaração preconceituosa

momentos antes do duelo entre Barcelona e PSG / Jogada10
O registro de atos racistas na Espanha segue como tema. Desta vez, o alvo foi Yamal, do Barcelona. O ex-goleiro e comentarista Germán Burgos, da Movistar Plus +, fez declarações preconceituosas contra o atacante espanhol. O episódio teve repercussão negativa, e tanto os Blaugranas como o PSG repudiaram a atitude. Assim, o canal decidiu por demitir o ex-arqueiro. A confirmação veio em nota, nesta quinta-feira (11).

“Em cumprimento ao código de conduta interno da Movistar Plus+, que contempla uma política de tolerância zero a qualquer comportamento discriminatório, a plataforma tomou medidas após o episódio vivido na noite passada, onde um de seus colaboradores fez comentários inadequados sobre o jogador Lamine Yamal”, esclareceu a emissora.

A declaração ocorreu antes da vitória de virada dos Culés sobre o PSG por 3 a 2, no Parque dos Príncipes, pelo jogo de ida da Champions League. No entanto, pelo caráter da fala, rapidamente houve uma propagação negativa. Assim, de acordo com o apresentador da Movistar Pus+, Ricardo Sierra, tanto os franceses quanto os catalães decidiram boicotar a emissora e não disponibilizaram seus jogadores para entrevistas.

Promissor atacante do Barcelona
Desde as categorias de base, o Barcelona criou expectativa sobre Yamal, especialmente pelo seu talento e qualidade técnica. O atacante de 16 anos estreou entre os profissionais na última temporada. Contudo, participou de apenas um jogo. Já na atual equipe, o técnico Xavi Hernández decidiu dar mais oportunidades ao atleta. Em ascensão meteórica, a fera se tornou titular absoluta da equipe.

Yamal, em um primeiro momento, colocou Raphinha no banco de reservas. Posteriormente, o atacante brasileiro precisou se adaptar a uma nova função e posição. A propósito, o brazuca anotou dois gols da equipe no triunfo sobre o PSG, na última terça. Já Yamal, até aqui, entrou em campo 41 vezes, marcou seis gols e deu quatro assistências.

(Terra)