Universo Paralello 2023: Após atentado em Israel, Pai de Alok confirma festival na Bahia

0
549

Juarez Petrillo, que também é DJ, confirmou que o festival idealizado por ele acontecerá no fim do ano.

Alok e Juarez Petrillo. (Foto: Instagram/@juarezpetrillo)

Pai de Alok, o DJ Juarez Swarup Petrillo, esteve no palco do festival Universo Paralello, evento realizado por ele que aconteceu próximo à cidade de Sderot, em Israel, quando o grupo terrorista Hamas deu início a um atentado na festa. Depois da situação traumática, o artista resolveu manter a edição da festa que acontecerá em dezembro, na Bahia.

O festival acontece na praia do Pratigi. em Ituberá, na Bahia. (Foto: Murilo Bezescky)

Depois de tudo que aconteceu em Israel, a organização do Universo Paralello pensou se a edição do festival na Bahia aconteria, de fato. No entanto, a produção optou em seguir com o evento, que acontecerá nos dias 27 de dezembro deste ano até 03 de janeiro de 2024.

“Esses últimos dias têm sido difíceis para mim. Mas o propósito do Universo Paralello sempre foi a paz, o amor, o respeito à diversidade e esse ano pensamos até em desistir por achar que não tínhamos nada para celebrar”, desabafou Juarez Petrillo.

Conhecido como o DJ Swarup, o pai de Alok revelou que o festival será realizado e seguirá com seu objetivo de ser um manifesto pela paz mundial. O Universo Paralello é considerado o maior evento de arte e cultura alternativa que acontece na América Latina, especialmente dedicado para os fãs de música eletrônica.

O evento possui sete palco musicais, além de espaços dedicados ao yoga, meditação, dança e terapias holísticas. Com estimativa público de 20 mil pessoas, o festival acontece em Ituberá, na Bahia, especificamente na praia do Pratigi. Segundo o prefeito da cidade, Reges Aragão, o festival é importante para a econômia do município.

Os ingressos para o evento variam entre R$ 1.300 e R$2.600 e já estão disponíveis no site do Universo Paralello.

(POPLINE)